O que está buscando?

Rugby é destaque da semana para alunos de unidades do SESI Araraquara e Osasco

 Por: CBRu
26/08/202114:23- atualizado às 17:06 em 22/09/2021

A parceria entre a Confederação Brasileira de Rugby (CBRu) e o Sesi-SP contou com atividades especiais aos alunos das unidades do Sesi de Araraquara (SP) e Osasco (SP) nesta semana. Enquanto na unidade do interior de São Paulo, os alunos do sétimo ano puderam conversar virtualmente e fazer perguntas à atleta olímpica e ícone Beatriz Futuro, a ‘Baby’, na unidade de Osasco, crianças do ensino fundamental e médio participaram de uma clínica e vivenciaram o rugby dentro de campo.

Beatriz Futuro, ex-capitã da seleção feminina, participou de uma aula de português e literatura ministrada pela professora Caroline Arantes. A atleta, que se aposentou da seleção em 2020, respondeu perguntas dos alunos de Araraquara sobre o rugby, Jogos Olímpicos e curiosidades da rotina de um atleta profissional. Ela contou aos estudantes como se apaixonou pelo esporte, e convidou todos a praticar a modalidade.

“Quando cheguei nos primeiros treinos de rugby, a primeira coisa que me impressionou foi o ambiente, a união das pessoas. Os valores são muito fortes. Ainda não entendia direito os aspectos do jogo, estava iniciando na parte de campo, mas eu achava todas aquelas pessoas muito legais. Os ideais do esporte foram o que me fizeram pensar ‘esse esporte é diferente’. Toda essa questão extracampo me fascinou até mesmo antes da parte técnica ou tática”, disse Baby.

Foto: Divulgação

Clínica no SESI Osasco
Já na unidade do Sesi Osasco, crianças e adolescentes puderam conhecer o rugby dentro de campo, com exercícios lúdicos e brincadeiras. Atletas e representantes da Poli Rugby, clube parceiro que trabalhará a modalidade na unidade, falaram com os estudantes sobre o esporte e simularam alguns treinamentos. O segunda linha Cléber Dias, o ‘Gelado’ comentou sobre a importância do contato com crianças e adolescentes para disseminar a modalidade.

“Sempre fui uma criança que gostava de participar de todos os esportes, isso me auxiliou dentro do rugby, mas segui acompanhando e torcendo pelas outras modalidades. E com essa clínica, esse contato com atletas que fazem parte da seleção brasileira, alguns estudantes podem se interessar, podem buscar clubes como a Poli se tornarem praticantes. Outros talvez não sigam dentro de campo, mas passarão a torcer e acompanhar nossa modalidade. Espalhar essa semente, cativando jovens desde cedo para se tornarem praticantes ou torcedores é um passo muito importante para fortalecer o rugby brasileiro”, disse Gelado.

“Ver tudo isso acontecendo em um momento de retomada, após tanto tempo sem interação é emocionante. Com as vivências, os atletas criaram um ambiente motivador, descontraído, acolhedor e prazeroso. Diante de tanta animação e empolgação dos alunos, acreditamos que será uma parceria de grande sucesso”, comentou a diretora da escola Sesi Osasco, Kelly Cristine.

Na semana passada, representantes de clubes e da CBRu participaram de dois webinários ministrados pelo Sesi-SP, transmitindo a metodologia utilizada nos programas esportivos da entidade. No acordo firmado entre Sesi-SP e CBRu, em julho, o rugby será desenvolvido em sete unidades de ensino, cada um com um clube parceiro que trará o know how dos treinamentos: Indaiatuba/Indaiatuba Tornados, Votorantim/Lechuza Rugby, Osasco/Poli Rugby, Jacareí/Jacareí Rugby, Campinas/Jequitibá Rugby, Taubaté/Taubaté Rugby e Tatuí/Rugby Tatuí.

Além da disseminação nas unidades, o acordo prevê também capacitação de educadores físicos do Sesi-SP para o rugby e integração da área de Alto Rendimento da CBRu. As entidades pretendem aprimorar o trabalho que vêm realizando juntas no Centro de Referência em Ciências do Esporte do Sesi-SP (CRCE), buscando elaborar estudos aplicados ao alto rendimento do rugby, em áreas como nutrição e psicologia.