O que está buscando?

Confira como foram as programações da 1ª Mostra Semana Negra na unidade

Arte, educação, empreendedorismo e muito mais fizeram parte da programação sobre o Dia da Consciência Negra

 Por: SESI Osasco
21/11/201814:24- atualizado às 10:29 em 22/11/2018

Você sabia que, no dia 20 de novembro, é comemorado o Dia da Consciência Negra em todo território nacional ?

Além de fazer referência ao dia da morte de Zumbi dos Palmares, um dos grandes símbolos da luta negra no Brasil, a data também nos convida a refletir sobre as consequências do processo de escravidão, como marginalização, apagamento étnico e cultural, situação sociopolítica e econômica, entre outros atravessamentos estruturais da sociedade brasileira.

Inspirada nessa temática, a unidade do SESI Osasco realizou, nos dias 19 e 21 de novembro, a 1ª edição da Mostra Semana Negra – Onde Estão os Negros?, evento que revelou narrativas e trajetórias de vida de pessoas negras de São Paulo, Osasco e região por meio de palestras, leitura dramática e bate-papos, utilizando a arte para fomentar discussões sobre a representatividade étnico-racial e de gênero.

Todas as programações foram gratuitas. 

 

CONSCIÊNCIA NEGRA COM ARTE E EDUCAÇÃO

No dia 19 de novembro, os alunos do SESI Osasco, Jd. Piratininga, participaram de um bate-papo com o Núcleo Negro de Pesquisa e Criação – NNPC, da zona norte de São Paulo.

Os estudantes compartilharam e debateram temas provocados pela curadoria do SESI Osasco, como, por exemplo, a representatividade do negro no audiovisual e suas representações por meio de sua nova produção artística: o documentário/ficção, Jardim Peri Alto em Cena.

Essa é uma provocação que permeia o nosso cotidiano quando olhamos quem estão nas grandes produções do cinema, filmes assistidos via internet ou site específico em nossa residência. Também provoca as referências que esses alunos e educadores têm em seu cotidiano.

Com o debate profícuo e muitas lacunas ainda a se responder, o encontro deixou o desejo permanente de se debater temas relevantes que dizem respeito ao ser humano e à sociedade. 

 

 

Bate-papo com os criadores do documentário Jardim Peri Alto. Crédito: Aline Negra Silva.

 

EMPREENDEDORISMO E RESISTÊNCIA NEGRA

Para ampliar discussões acerca da reflexão da data 20 de novembro, o SESI Osasco convidou, no dia 21 de novembro, a artista, produtora e ARTvista, Rita Teles, a junto dos alunos do SESI Osasco (Jd. Piratininga) a refletir sobre as consequências do processo de escravidão negra, como a marginalização, o apagamento étnico e cultural, a situação sociopolítica e econômica, dentre outros atravessamentos estruturais da sociedade brasileira por meio da palestra: “Empreendedorismo negro nas artes – Mulher, negra e artista”. 

Com esta temática pretendeu-se revelar narrativas e trajetórias de vidas,que estimularam discussões sobre a representatividade étnico-racial e de gênero através no campo das artes. 

 

Artista, produtora e ARTivista, Rita Teles. Crédito: Aline Negra Silva.

 

SAIBA MAIS

Acompanhe a programação mensal da unidade

Quer receber a programação cultural? Clique aqui!

Acesse nossa agenda digital